sábado, 14 de setembro de 2013

cap.09- 3ª temporada (3/3)


Miley está linda. Está usando jeans branco justo e uma camiseta vermelha, ela está pronta para abalar a cidade. Ela está conversando animadamente com Claire na recepção quando eu entro.

— Demi, — ela grita, pegando-me em um abraço que só ela tem. Ela segura meus ombros por um momento.

— E não é que você parece a esposa do magnata? Quem imaginaria, pequena Demi Lovato? Você está tão... Sofisticada! — Ela sorri. Reviro os olhos para ela. Eu estou usando um vestido creme pálido com um cinto navy e um scarpin navy.

— É bom ver você, Miley, — eu a abraço de volta.

— Então, pra onde vamos?

— Joseph quer que a gente vá para o apartamento.

— Aw, sério? Não podemos ir beber rapidinho no Zig Zag Café? Eu reservei uma mesa para nós.

Eu abro minha boca em protesto.

— Por favor? — ela chora e faz beicinho lindamente. Ela deve estar aprendendo isso de Mia. Ela nunca faz beicinho. Eu realmente gostaria de um cocktail no Zig Zag. Nos divertimos muito na última vez em que fomos, e é perto do apartamento de Miley. Eu levanto meu dedo indicador.

— Só um.

Ela sorri.

— Um — ela junta seu braço ao meu, e nós vamos até o carro, que está estacionado no meio-fio com Sawyer ao volante. Estamos sendo seguidos por Srta. Samantha Prescott que é nova na equipe de segurança, uma afro-americana alta com atitude de bom senso. Eu gosto dela, talvez porque ela é muito legal e profissional. O júri está definitivamente fora, mas como o resto do time, ela foi escolhida a dedo por Taylor. Ela está vestida como Sawyer em um terninho escuro e sombrio.

— Você pode nos levar para o Zig Zag, por favor, Sawyer?

Sawyer se vira para me olhar e eu sei que ele quer dizer algo. Obviamente, foram dadas ordens a ele. Ele hesita.

— O Zig Zag Café. Só tem um.

Eu dou a Miley meu olhar de lado, e ela está olhando para Sawyer. Pobre homem.

— Sim, senhora.

— Sr. Jonas pediu que a levássemos para o apartamento. — Prescott sibila.

— Sr. Jonas não está aqui, — eu digo rispidamente.
— Para o Zig Zag, por favor.

— Senhora, — Sawyer responde com um olhar de lado para Prescott que sabiamente segura à língua.

Miley olha para mim como se não pudesse acreditar em seus olhos e ouvido. Eu franzo meus lábios e dou de ombros. Ok, estou um pouco mais mandona do que costumava ser. Miley acena quando Sawyer dirige ao tráfego de inicio de noite.

— Você sabe que a segurança adicional está deixando Denise e Mia doidas. — Miley diz casualmente.

Eu a olho, perplexa.

— Você não sabe? — Ela parece incrédula.

— Sei o que?

— Segurança para todos os Jonas foi triplicada.

— Sério?

— Ele não te disse?

Eu coro.

— Não. — Merda, Joseph!

— Você sabe por quê?

— Jack Hyde.

— O quê tem Jack? Eu pensei que ele estava apenas atrás de Joseph. — Eu suspiro. Eita. Por que ele não me disse?

— Desde segunda, — diz Miley.

Última segunda? Hmm... Identificamos Jack no domingo. Mas por que todos os Jonas?

— Como você sabe tudo isso?

— Elliot. Claro.
— Joseph não te disse nada, né? — Eu coro mais uma vez.

— Não.

— Oh, Demi, que chato.

Eu suspiro. Como sempre, Miley acertou bem no alvo.

— Você sabe por quê? — Se Joseph não vai me dizer, então talvez Miley conte.

— Elliot disse que tem a ver com as informações extraídas do computador de Jack Hyde quando ele estava na SIP.

Puta merda.

— Você está brincando. — Uma onda de pulsos nervosos passa por meu corpo. Como que até Miley sabe disso, e eu não sei?

Eu olho para cima para ver Sawyer me olhando no espelho retrovisor. A luz vermelha fica verde e ele acelera para frente, com foco na estrada. Eu prendo meus lábios com meus dedos e Miley acena. Aposto que Sawyer também sabe e eu não.

— Como está Elliot? — Eu pergunto para mudar de assunto.


               Miley sorri estupidamente, me dizendo tudo o que eu preciso saber. Sawyer se dirige a passagem que leva ao Zig Zag Café, e Prescott abre minha porta. Eu saio e Miley desliza para fora depois de mim. Damos os braços e percorremos a passagem, seguidas por Prescott, que está com uma expressão estrondosa no rosto. Oh, pelo amor de Deus, é apenas uma bebida. Sawyer dirige até o estacionamento.


— Então como é que Elliot conheceu Gia? — Eu pergunto, dando um gole em meu segundo mojito de morango.

O bar é aconchegante, e eu não quero ir embora. Miley e eu não paramos de falar. Eu tinha me esquecido do quanto gosto de sair com ela. É libertador sair à noite, relaxante, desfrutando a companhia de Miley. Eu penso em mandar mensagem para Joseph e logo após descarto a ideia. Ele vai ficar bravo e me fazer ir para casa como uma criança desobediente.

— Nem me fale dessa vadia! — Miley diz.

A reação de Miley me faz rir.

— O que há de tão engraçado, Lovato? — Ela diz rispidamente, mas brincando.

— Eu me sinto da mesma maneira.

— Você?

— Sim. Ela ficou dando em cima de Joseph.

— Ela teve um caso com Elliot. — Miley franze o beiço.

— Não!

Ela balança a cabeça, os lábios apertados na careta patenteada de Miley Cyrus.

— Foi breve. No ano passado, eu acho. Ela é uma alpinista social. Não é de admirar que está de olho em Joseph.

— Joseph tem dona. Eu disse a ela para não mexer com ele ou eu iria demiti-la. Miley me encara, mais uma vez, surpreendida. Concordo com a cabeça orgulhosamente, e ela levanta seu copo para me saudar, impressionada e radiante.

— Sra. Demetria Jonas! Nada mal! — Nós brindamos.

— Será que Elliot tem uma arma?

— Não. Ele é contra armas. — Miley agita a terceira bebida.

— Joseph, também. Acho que foi influência de Denise e Paul, — eu murmuro. Eu me sinto um pouquinho tonta.

— Paul é um bom homem. — Miley acena.

— Ele queria um acordo pré-nupcial, — eu murmuro tristemente.

— Oh, Demi. — Ela me alcança e agarra meu braço.
— Ele estava apenas cuidando de seu filho. Como nós duas sabemos, você tem interesseira tatuado em sua testa. — Ela sorri para mim, e eu mostro minha língua e rio.

— Muito maduro, Sra. Jonas, — ela diz sorrindo. Ela parece Joseph.
— Você vai fazer o mesmo por seu filho um dia.

— Meu filho? — Eu pasmo para ela.

Não tinha pensado ainda que meus filhos serão ricos. Puta merda. Nunca vai faltar nada para eles. Eu quero dizer... nada mesmo. Eu preciso pensar mais sobre isso, mas não agora. Eu olho para Prescott e Sawyer sentado perto, observando a nós e a multidão de uma mesa lateral, enquanto cada um bebe um copo de água mineral com gás.

— Você acha que devemos comer? — Eu pergunto.

— Não. Deveríamos beber. — Miley diz.

— Por que está nesse humor para bebida?

— Porque eu não te vejo o suficiente. Eu não sabia que você iria casar com o primeiro cara que virasse sua cabeça. — Ela faz beicinho novamente.
— Honestamente, você se casou tão rápido que eu pensei que estava grávida.

Eu rio.

— Todos achavam que eu estava grávida, — murmuro.
— Não vamos discutir isso de novo. Por favor! E eu tenho que ir ao banheiro.

Prescott me acompanha. Ela não diz nada. Ela não precisa. Desaprovação irradia dela como um isótopo letal.

— Eu não estive sozinha assim desde que me casei, — murmuro sem palavras para a porta do lavabo fechada. Eu faço uma cara, sabendo que ela está de pé do outro lado da porta, esperando enquanto eu faço xixi. O que exatamente Hyde vai fazer em um bar alias? Joseph está exagerando como sempre.

xxx

— Miley, está tarde. Deveríamos ir.

É Dez e quinze, e terminei meu quarto mojito de morango. Estou definitivamente sentindo o efeito do álcool, quente e confusa. Joseph vai ficar bem. Eventualmente.

— Claro, Demi. Foi muito bom ver você. Você parece muito mais, eu não sei... confiante. Casamento obviamente fica bem em você.

Meu rosto aquece. Vindo de Miss Miley Cyrus, este é realmente um elogio.

— Fica mesmo, — eu sussurro, e porque provavelmente eu bebi muito, lágrimas salpicam em meus olhos.

Eu poderia estar mais feliz? Apesar de toda a sua bagagem, sua natureza, seus Cinqüenta Tons, eu conheci e casei com o homem dos meus sonhos. Eu rapidamente mudo de assunto para conter meus pensamentos sentimentais, porque eu sei que eu vou chorar se continuar.

— Eu realmente gostei dessa noite. — Eu agarro a mão de Miley.
— Obrigado por me arrastar para sair! — Nos abraçamos. Quando ela me solta, eu aceno para Sawyer e ele entrega as chaves do carro para Prescott.

— Tenho certeza que Srta. Sapatos-bons Prescott disse a Joseph que não estou em casa. Ele vai ficar furioso, — murmuro para Miley. E talvez ele vá pensar em alguma maneira deliciosa de me punir... Espero.

— Por que você está sorrindo como uma boba, Demi? Você gosta de deixar Joseph bravo?

— Não. Não mesmo. Mas é fácil fazer isso. Ele é tão controlador. — Na maior parte do tempo.

— Eu já percebi. — Miley diz secamente.


Nós levamos Miley para seu apartamento. Ela me abraça forte.

— Não seja uma estranha, — ela sussurra e beija minha bochecha.

              Então ela sai do carro. Eu aceno, me sentindo estranhamente com saudades. Eu senti falta de conversa de garotas. É divertido e relaxante, e me lembra que ainda sou jovem. Eu deveria fazer um esforço a mais para ver Miley, mas a verdade é que eu amo estar em minha bolha com Joseph. Na noite passada nós demos um jantar beneficente juntos. Havia tantos homens de terno e mulheres elegantes bem-educadas falando sobre o preço dos imóveis e da economia e as ações do mercado despencando. Quero dizer, foi chato, realmente chato. Então é refrescante não ter que usar coque com alguém da minha idade. Meu estômago ronca. Nossa, eu ainda não comi nada. Merda, Joseph! Eu reviro minha bolsa e acho meu BlackBerry. Puta merda, cinco chamadas perdidas! Uma mensagem...


*ONDE DIABOS ESTÁ VOCÊ?*


E um e-mail.


De: Joseph Jonas
Assunto: Furioso. Você nunca viu fúria.
Para: Demetria Jonas

Demetria, Sawyer disse que você está bebendo coquetéis em um bar quando você disse que não iria. Você tem ideia do quão estou bravo agora?
Te vejo amanhã.

Joseph Jonas. CEO, Jonas Enterprises Holdings Inc.


Meu coração afunda. Oh merda! Eu estou realmente encrencada. Meu subconsciente me encara, em seguida dá de ombros, com a cara de "você fez sua cama agora deite nela." O que eu esperava? Eu penso em ligar para ele, mas está tarde e ele está provavelmente dormindo... Ou preocupado. Eu decido mandar uma mensagem rápida.


*EU AINDA ESTOU INTEIRA. EU TIVE UMA ÓTIMA NOITE. ESTOU COM SAUDADES – POR FAVOR NÃO FIQUE BRAVO*


Eu encaro meu Blackberry, desejando que ele me responda, mas há apenas silêncio preocupante. Eu suspiro. Prescott sai do Escala e Sawyer sai para abrir minha porta. Quando estamos esperando  o elevador, eu aproveito a oportunidade para questioná-lo.

— A que horas Joseph te ligou?

Sawyer cora.

— Cerca de nove e meia, senhora.

— Por que você não interrompeu minha conversa com Miley para eu conversar com ele?

— Sr. Jonas mandou eu não fazer isso.


              Eu franzo meus lábios. O elevador chega, e ficamos em silêncio. Eu estou de repente grata que Joseph tem uma noite inteira para se recuperar de sua raiva, e ele está do outro lado do país. Isso me dá algum tempo. Por outro lado... Eu sinto falta dele. As portas do elevador se abrem, e por uma fração de segundo, eu olho para a mesa do hall. O que há de errado com este retrato? O vaso de flores está despedaçado em fragmentos por todo o chão do hall de entrada, água e flores e pedaços de porcelana estão espalhados por toda parte, e a mesa está virada. Meu couro cabeludo se arrepia e Sawyer agarra meu braço e me puxa de volta para o elevador.

— Fique aí, — sibila, pegando sua arma. Ele pisa no hall e desaparece do meu campo de visão.

Eu me encolho na parte de trás do elevador.

— Luke! — Eu ouço Ryan chamar de dentro da sala principal. 
— Código azul.

Código azul?

— Você está com o criminoso? — Sawyer grita de volta.
— Jesus Cristo!

Eu me achato contra a parede do elevador. Que diabos está acontecendo? Adrenalina percorre em meu corpo, e meu coração pula em minha garganta. Eu ouço vozes suaves, e um momento depois Sawyer reaparece no hall, de pé na poça de água. Ele guarda sua arma.

— Você pode entrar, Sra. Jonas, — ele diz suavemente.

— O que aconteceu, Luke? — Minha voz é apenas um sussurro.

— Nós tivemos um visitante. — Ele pega meu cotovelo e sou grata pelo apoio, minhas pernas viraram gelatina. Eu ando com ele através da porta dupla.

Ryan está de pé na entrada da sala principal. Um corte acima de seu olho está sangrando, e há outro em sua boca. Ele parece espancado, suas roupas desgrenhadas. Mas o que é mais chocante é Jack Hyde caído aos seus pés.


______________________________________________

Gatonas, um anônimo que já deve ter ido 50 tons com os personagens originais fica comentando o que vai acontecer na fic... Falta de respeito, comigo e com as outras leitoras. Então por favor né....

JACK JACK JACK f**** Joe vai ficar p da vida rs... comentem bastante, obrigada pelos comentários bjs
ps: sempre respondo então, se quiserem alguma resposta está lá

29 comentários:

  1. Diz a verdade que o personagem de amiga capetinha ea cara da Miley...
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Lua adoro o Joe P da vida
    Beeeeeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIM, não consigo imaginar amiga capetinha sem Miley vir a cabeça kkkkkkkkk

      Quem não gosta do dominador bravo? Eu adoro!

      Excluir
  2. Eu não dormi até agora porque eu queria ler o próximo capítulo, e você postou. Caramba, Joe furioso. Essa que deve ser a briga sem sexo. Ou não. Jack é o tormento do capeta, por isso que foi expulso do inferno e foi atormentar Jemi na Terra. Muito bom esse capítulo. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, postei... dormiu depois?

      Tem várias d.r sem sexo kkkk

      Jack é insuportável, essa fic não aconteceu metade do tormento jemi ein :(
      Obrigada, bjs xx

      Excluir
  3. Eita ... então por um lado foi ÓTIMO a demi ter saido do AP ... talvez assim o Joe não fique tão bravo com a Demi kkk ou não =/

    possssta logooo amr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiim, foi bom... Mas sabe como o Joe é né? Super cabeça dura.
      Posto hoje bjs

      Excluir
  4. PERFEEEEEEEEITA, adoro ver joseph bravo aheuaheuae sexy demais. Mal posso esperar para o próximo capítulo <33

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBRIGADA, Joe bravo é lindo de se ler rs Posto hoje baby bjao

      Excluir
  5. ou essa fic fica cada vez fica melhor
    capitulo perfeito

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ainda pode melhorar ein kkkkkk

      Obrigada

      :)

      Excluir
  6. OMG! OMG! OMG! Jonas vai ter que agradecer a Demi depois por desobedecer ele e assim não ter ido pro apartamento e dá de cara com o peste ambulante! Uau... Por isso eu não esperava! Ele tá morto? Garota... você me pegou de jeito com esse capitulo! UAU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas o Joe é cabeça dura.

      Peste ambulante vai sumir por uns tempos tks

      Olha, ainda vai ter muita coisa causando com Jemi, inclusive eles mesmos causando entre si

      Excluir
  7. OMG :o Ainda bem que dona Demetria Jonas é teimosa e nao estava no ape, geeeeeeeeeeente qe capitulo foi esse :o Booom bem que eu queria qe o Jack estivesse morto , menos um pra atormentar Jemi kkkk mas duvido que essa praga tenha morrido !! Ja quero o proximoo :D
    E mentiraa não vou parar de ler suas respostas aos meus comentários não u.u Sou curiosa mesmo, admito :p Kkkkkkkkk
    Ps - Lua , se durante essa semana eu sumir dos comentários me perdoe, segunda começa minha semanas de prova na faculdade e a correria vai ser grande !!
    Bjocas da Marina - Pra vc ( que é intima) eu deixo me chamar de Ma *-* kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas o Joe vai enxergar isso? Não, só a desobediência da Demi.

      Jack morrendo ou não, ainda vai aparecer um ou outro pra atormentar eles kkk

      Ah! Boa sorte nas provas, fica tranquila e estuda pra levar nota boa kkk bjs Ma <3

      Excluir
  8. wol , este cap está perfect , quando vai postar o proximo ? *--*

    ResponderExcluir
  9. Uhhhh 'o' Jack ta morto?? Diz que sim, diz que sim!! To louca pra ver ele aprender a lição de vez e ser expulso dos EUA pelo Joe com um belo de um chute na bunda!! E quanto a Elena... Quando ela aparecer prepare-se, pq eu vou xingar ela infinitamente, ou não né kk, mas vou xingar!! Odiei ela desde a primeira vez que o nome, e apelido, foram citados. Jack tbm, odiei desde a entrevista!!
    Quanto a Jemi... Essa briga eu meio que sei qual é, acho eu. Eu tava na net vendo as críticas sobre o livro original e sem querer eu li o "erro" que a personagem da Demi vai cometer (não contarei aqui qual é, ok ;) ) Eu tenho quase certeza que é isso mesmo que eu li, pq isso não se conserta com sexo kkPosta logo, to super ansiosa!!
    Beijos~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele vai sumir uns tempos kkk

      sim, mate a elena por favor, consigo odiar ela mais que odeio o jack...

      Não é bem um erro, mas vai de cada ponto de vista né...


      posto hoje bjs

      Excluir
  10. Aiiiii meu Deuuus, posta logo, ta lindoo gente, posta logo

    ResponderExcluir
  11. tua fic é maravilhosa , e o capitulo esatá incrivel

    posta logo
    bjs :)

    ResponderExcluir
  12. OMG! JACK MORREU?
    QUE BOM PRA JEMI, NÉ?
    Divulga esse blog que tem uma história muito diva de Jemi:
    http://jemimylifewithyou.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem dera né? Vaso ruim não quebra kkk

      a história é sua?? se for me fala pfvr que divulgo

      Excluir
    2. Não, flor! É de uma amiga!!!
      Estou ajudando ela a divulgar!

      Excluir