terça-feira, 26 de novembro de 2013

Capítulo 14 - 3 ° temporada (3/3)

Eu pasmo me olhando no espelho de corpo inteiro, não reconhecendo a megera que olha para mim. Miley jogou todos para fora e brincou de Barbie comigo esta noite, arrumando meu cabelo e maquiagem. Meu cabelo está cheio e reto, meus olhos cercado com lápis, meus lábios escarlate vermelho. Eu olho... quente. Eu sou só pernas, especialmente nos Manolos de salto alto e meu vestido é indecentemente curto. Eu preciso de Joseph para aprovar, apesar de eu ter uma horrível sensação de que ele não vai gostar muito da minha carne exposta. Tendo em vista o nosso entendimento cordial, eu decidir que deveria perguntar a ele. Pego meu BlackBerry.

De: Demetria Jonas

Assunto: O meu bumbum parece grande nisto?
Para: Joseph Jonas

Sr. Jonas

Eu preciso do seu conselho de alfaiataria.

Sua Sra. J x





De: Joseph Jonas

Assunto: Pêssego


Para: Demetria Jonas

Sra. Jonas

Eu duvido seriamente.

Mas eu vou dar a sua bunda um exame completo só para ter certeza. Seu em antecipação

Sr. J x

Joseph Jonas,

CEO, Jonas Enterprises Holdings e Inspetor de Bundas Inc.


Enquanto leio seu e-mail, a porta do quarto se abre, e Joseph congela no limiar.

Sua boca se abre e seus olhos se arregalaram.

Puta merda... Isso pode tomar outro rumo.

Então? — Eu sussurro.

Demi, você parece... Uau.

Você gostou?

Sim, acho que sim. — Ele está um pouco rouco. Lentamente, ele pisa no quarto e fecha a porta. Ele está vestindo calça jeans preta e uma camisa branca, mas com uma jaqueta preta. Ele parece divino. Ele caminha lentamente em direção a mim, mas assim que chega até mim, ele coloca suas mãos sobre meus ombros e me vira para encarar o espelho de corpo inteiro, enquanto ele está atrás de mim. Meu olhar encontra o seu no vidro, então ele olha para baixo, fascinado por minhas costas nuas. Seu dedo desliza pela minha espinha e chega a borda do meu vestido nas minhas costas, onde a carne pálida encontra o tecido prata.

Isso é muito revelador, — ele murmura.

Sua mão desliza mais abaixo, por cima do meu traseiro e até a minha coxa nua. Ele faz uma pausa, os olhos cinzentos queimam intensamente em desejo. Então lentamente ele arrasta os dedos para trás até a barra da minha saia.

Assistindo seus longos dedos mover levemente, provocando toda a minha pele, sentindo tremores onde deixam seu rastro, minha boca forma um perfeito O.

Não é muito longe daqui.Ele toca a bainha, então move os dedos para cima.


Para aqui, ele sussurra. Engulo em seco quando seus dedos atingem meu sexo, movendo-se tentadoramente sobre minha calcinha, sentindo-me, me provocando.

E seu ponto é?Eu sussurro.

Meu ponto é... não é longe daqui,os dedos deslizam sobre minha calcinha, em seguida, um está dentro, contra a minha macia e umedecida o carne para aqui. E então... para aqui. Ele desliza um dedo dentro de mim.


Eu suspiro e faço um suave som de miado.


Você é minha,ele murmura no meu ouvido. Fechando os olhos, ele move o dedo lentamente dentro e fora de mim.
Eu não quero que ninguém veja isso.

Minha respiração oscila, num ritmo ofegante combinando com o ritmo de seu dedo. Assistindo ele no espelho, fazendo isso... é muito mais que erótico.

Então seja uma boa menina e não curve-se, e você deve estar bem.

Você aprova? Eu sussurro.

Não, mas não vou impedi-la de usá-lo. Você está deslumbrante, Demetria.
Abruptamente ele retira seu dedo, me deixando querendo mais, e ele se move em torno para me encarar. Ele coloca a ponta do seu dedo invadindo meu lábio inferior. Instintivamente, eu franzo os lábios e o beijo, e eu sou recompensada com um sorriso malicioso. Ele coloca o dedo em sua boca e sua expressão me informa que meu gosto é bom... muito bom. Eu coro. Porque sempre me choca quando ele faz isso?

Ele agarra minha mão.

Venha, ele ordena suavemente. Eu quero responder o que eu estava prestes a, mas à luz do que aconteceu na sala de jogos ontem, eu decido não ir contra ele.

Estamos esperando a sobremesa em um restaurante exclusivo na cidade. Tem sido uma noite animada até agora, e Mia está determinada que deve continuar e que devemos dançar. Agora ela está sentada em silêncio por sua vez, pendurada em cada palavra de Ethan enquanto ele conversa com Joseph. Mia está obviamente apaixonada por Ethan, e Ethan está... bem, é difícil dizer. Eu não sei se eles são apenas amigos ou se há algo mais.

Joseph parece à vontade. Ele está conversando animadamente com Ethan. Eles, obviamente, ultrapassaram o assunto da pesca com mosca. Eles estão falando sobre psicologia, principalmente. Ironicamente, Joseph soa o mais experiente. Eu ronco baixinho quando ouço uma meia conversa, infelizmente, reconhecendo que sua especialidade é o resultado de sua experiência com tantos psiquiatras.

Você é minha melhor terapia. Suas palavras, sussurradas enquanto estávamos fazendo amor uma vez, ecoam em minha cabeça. Sou? Oh, Joseph, eu espero que sim.

Olho para Miley. Ela está linda, mas ela sempre está. Ela e Elliot são os menos animados. Ele parece nervoso, suas piadas um pouco alto demais, e sua risada um pouco fora de contexto. Eles tiveram uma briga? O que está consumindo ele? É aquela mulher? Meu coração diminui com o pensamento de que ele poderia ferir a minha melhor amiga. Eu olho para a entrada, meio que esperando para ver Gia calmamente passear sua bunda bem enfeitada no restaurante em nossa direção. Minha mente está brincando, eu suspeito que seja a quantidade de álcool que bebi. Minha cabeça está começando a doer.

Abruptamente, Elliot assusta a todos nós pondo-se em pé e puxa a cadeira para trás de si, arranhando todo o piso de ladrilho. Todos os olhos se voltam para ele. Ele olha para baixo para Miley por um momento, então, cai de joelhos ao lado dela.

Oh. Meu. Deus.

Ele pega sua mão, e o silêncio se instala como um cobertor sobre todo o restaurante, à medida que todos param de comer, falar, andar, e olham.

Minha linda Miley, eu te amo. Sua graça, sua beleza, e seu espírito ardente, não tem igual, você capturou meu coração. Passe o resto de sua vida comigo. Case-se comigo.

Puta merda!




_____________________________________________

Nada de chifre pra Mi skdmkdsm, gente desculpa a demora,
mas eu fiquei sem ir pra escola 1 mes pq tava mal etc... agora 
estou repondo aula de tarde e estudando normal a noite... só
mais 2 semanas e isso acaba... vou tentar betar capítulos pro
final de semana, nao garanto 2 ou 3, mas 1 cap eu consigo sim


bjs lua...
comentários respondidos, xx

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Capítulo 14 - 3 ° temporada (2/3)


Tem 2 capítulos que não foram atualizados, pra quem n leu... volta la, bjs lua




Você sabe andar de moto? Ele pergunta, sua voz misturada com descrença.

Não muito bem. Ethan me ensinou.

Seus olhos tornam-se frios imediatamente.

Você tomou a decisão certa, ele diz, com a voz muito fria.
O terreno é muito difícil no momento, e a chuva faz ficar traiçoeiro e escorregadio.

Onde você quer os equipamentos de pesca? — Ethan chama de fora.

Deixe-o, Ethan. Taylor vai cuidar disso.

E o peixe?Ethan continua, com a voz vaga.

Você pegou um peixe?Eu pergunto, surpresa.

Não. Cyrus pegou. Joseph diz fazendo beicinho... lindamente. Comecei a rir.

Sra. Bentley vai lidar com isso,responde. Ethan sorri e vai em direção a casa.

Sou divertido, Sra. Jonas?

Sim, muito. Você está molhado... Me deixe te preparar um banho.

Contanto que você se junte a mim.Ele se inclina e me beija.


Eu encho a grande banheira e despejo alguns caros óleos de banho, que começam a espumar imediatamente. O aroma é celestial... jasmim, eu acho. Volto ao quarto, e começo a pendurar o vestido enquanto a banheira enche.

Você teve um bom dia?Joseph pergunta assim que ele entra no quarto. Ele está apenas de camiseta e calça suada, os pés descalços. Ele fecha a porta atrás de si.

Sim,murmuro, apreciando-o. Eu senti sua falta. Ridículo, foram o que, algumas horas?

Ele inclina a cabeça para o lado e olha para mim.
O que é aconteceu?

Eu estava pensando o quanto eu senti sua falta.

Você parece que está mal, Sra. Jonas.

Eu estava, Sr. Jonas.

Ele passeia em minha direção até que está em pé na minha frente.
O que você comprou? Ele sussurra, e eu sei que é para mudar o tema da conversa.


Um vestido, um sapato, um colar. Gastei grande parte do seu dinheiro.Eu olho para ele, culpada.
Ele está se divertindo.
Bom, ele murmura e enfia uma mecha do meu cabelo para trás da minha orelha.
E pela bilionésima vez, o nosso dinheiro. Ele puxa meu queixo, liberando meu lábio dos meus dentes e corre o dedo indicador na frente da minha camiseta, abaixo do meu esterno, entre os meus seios, no meu estômago, e sobre a minha barriga.

Você não vai precisar disso no banho,ele sussurra, e agarrando a bainha da minha camiseta em ambas as mãos, lentamente a puxa.
Levante os braços.

Eu obedeço, não tirando os olhos dele, e ele joga minha camiseta no chão.

Eu pensei que nós iríamos tomar um banho. — Meu coração se acelera.

Eu quero te fazer bem suja primeiro. Eu senti sua falta, também.Ele se inclina para baixo e me beija.


Merda, a água!Eu me esforço para me sentar, toda pós-coito e confusa. Joseph não me solta.

Joseph, a banheira!Eu olho para ele da minha posição de bruços em seu

peito.

Ele ri.
Relaxa, é um banheiro. Ele rola e me beija rapidamente. Eu vou desligar a torneira.

Ele escala graciosamente para fora da cama e desliza em direção ao banheiro. Meus olhos avidamente o seguem durante todo o caminho. Hmm... meu marido, nu e logo molhado. Minha deusa interior lambe os lábios provocantes e me dá seu sorriso bem fodido. Eu me obrigo a sair da cama.


Estamos sentados em lados opostos da banheira, que está muito cheia, tão cheia que cada vez que nos movimentamos, água escorre pela borda e cai ao chão. É muito decadente. Mas mais decadente é Joseph lavar meus pés, massageando a sola, puxando delicadamente meus dedos. Ele beija cada um e suavemente morde o meu dedo mindinho.

Aaah! — Eu sinto isso , na minha virilha.

Você gosta?Ele suspira.

Hmm,murmuro incoerentemente.

Ele começa a massagear novamente. Oh, isso é bom. Eu fecho meus olhos.

Eu vi Gia na cidade,murmuro.



Sério? Acho que ela tem um lugar aqui, ele diz com desdém. Ele não está interessado à mínima.

Ela estava com Elliot.

Joseph para de massagear. Ganhei sua atenção. Quando eu abro meus olhos sua

cabeça está inclinada para o lado, como se não entendesse.

O que você quer dizer com Elliot? — Ele pergunta, mais perplexo do que preocupado.

Eu explico o que vi.

Demi, eles são apenas amigos. Eu acho que Elliot está bastante apaixonado por Miley. Ele faz uma pausa e em seguida, fala com mais calma.
Na verdade, eu sei que ele está muito apaixonado por ela. E ele me dá seu Não–Tenho–Idéia-Do–Porque olhar.

Miley é linda.Eu arrepio, defendendo minha amiga.

Ele bufa.
Ainda bem que foi você que caiu no meu escritório. Ele beija dedão, libera meu pé esquerdo, e pega meu pé direito antes de começar a massagem novamente. Seus dedos são tão fortes e flexíveis, eu relaxo novamente. Eu não quero brigar por Miley. Eu fecho meus olhos e deixo que seus dedos façam trabalhar sua mágica em meus pés.




Desculpa a demora, mas é provável que o blog tenha sido denunciado pois ta dando erro. ..