quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Capítulo 14 - 3 ° temporada (1/3)

Isso é... isso é uma coisa bonita de dizer.

É verdade. Eu não sabia disso na época. Ele sorri seu sorriso tímido.

Estou feliz que você me esperou.
Você valeu a espera, Sra. Jonas. Ele levanta meu queixo com o dedo, inclina-se para baixo, e me beija com ternura.

Assim como você. Eu sorrio. — Embora eu me sinta como se tivesse sido enganada. Eu não tive que esperar muito tempo por você afinal.


Ele sorri...
— Eu sou como um prêmio?

Joseph, você é a loteria estadual, a cura para o câncer, e os três desejos da lâmpada de Aladim tudo em um.

Ele levanta uma sobrancelha.

Quando você vai perceber isso? Eu o repreendo. — Você era um solteiro muito elegível. E eu não estou falando só disso. Eu movimento minha mão indicando seu corpo. 
— Eu estou falando disso aqui. Eu coloco minha mão sobre seu coração, e seus olhos se arregalam. Meu confiante, sexy marido se foi, e eu estou enfrentando meu menino perdido. 
— Acredite em mim, Joseph, por favor, sussurro e aperto seu rosto, puxando seus lábios nos meus. Ele geme, e eu não sei se ele está ouvindo o que eu disse ou a sua resposta primitiva habitual. Eu clamo por ele, os meus lábios se movendo contra os seus, minha língua invadindo sua boca.
Quando nós dois estamos sem fôlego, ele se afasta, olhando-me em dúvida.

Quando você vai entender dentro desse seu crânio excepcionalmente espesso que eu te amo? — Eu pergunto, exasperada.

Ele engole. 

— Um dia, ele diz.

Isto é um progresso. Eu sorrio e sou recompensada com seu sorriso tímido de resposta.

Venha. Vamos almoçar, ou os outros vão querer saber onde estamos. Podemos discutir o que todos nós queremos fazer.


(...)


Oh não!Miley diz de repente.

Todos os olhos se voltam para ela.

Olha, ela diz, apontando para a janela. Lá fora, a chuva começou a cair. Estamos sentados em torno da mesa de madeira escura na cozinha tendo consumido uma grande refeição Italiana
pasto misto, preparado pela Sra. Bentley, e uma ou duas garrafas de Frascati. Estou repleta e um pouco tonta do álcool.


Lá vai nossa caminhada, murmura Elliot, parecendo vagamente aliviado. Miley o olha com expressão mal humorada. Definitivamente há algo entre eles. Eles estão relaxados com todos nós, mas não um com o outro.

Nós poderíamos ir para a cidade, Mia sugere. Ethan sorri para ela.

Tempo perfeito para pesca, — Joseph sugere.

Eu vou pescar, Ethan diz.

Vamos nos dividir. Mia bate suas mãos. Meninas shopping e meninos coisa chata ao ar livre.

Olho para Miley, que considera Mia com indulgência. Pesca ou compras? Eita, que escolha.

Demi, o que você quer fazer? Joseph pergunta.

Eu não me importo, minto.

Miley me chama a atenção murmurando "shopping". Talvez ela queira ir.

Mas eu estou mais do que feliz de ir às compras. Eu sorrio ironicamente para Miley e Mia. Joseph dá um sorriso aborrecido. Ele sabe que eu odeio fazer compras.

Eu posso ficar aqui com você, se você quiser, ele murmura, e causa algo escuro na minha barriga pelo seu tom. 



Não, você vai pescar,respondo. Joseph precisa de tempo como garoto.

Soa como um plano, Miley diz, levantando-se da mesa.

Taylor irá acompanha-la,Joseph diz, e é um fato não aberto a discussão.

Nós não precisamos de babá,Miley retruca sem rodeios, direta como sempre. Eu coloco minha mão no braço de Miley.
Miley, Taylor deveria vir.

Ela franze a testa, em seguida, encolhe os ombros, e pela primeira vez em sua vida

segura a sua língua.

Eu sorrio timidamente a Joseph. Sua expressão permanece impassível. Oh, eu espero que ele não esteja bravo com Miley.

Elliot franze a testa.

Eu preciso pegar uma bateria para o meu relógio na cidade.Ele olha rapidamente para Miley, e eu o vejo corar levemente. Ela não percebe porque ela está ignorando-o incisivamente.


Leve o Audi, Elliot. Quando você voltar nós podemos pescar,Joseph diz.

Sim,Elliot murmura, mas ele parece distraído.
Bom plano.

(...)

Aqui.Pegando minha mão, Mia me leva para uma butique que é toda seda rosa e mobiliada com um rústico faux-francês. Miley nos segue enquanto Taylor espera lá fora, abrigado sob o toldo da chuva. Aretha está cantando "Say A Little Prayer" de fundo na loja. Eu amo essa música. Eu deveria colocá-la no iPod de Joseph.

Isso vai ficar maravilhoso em você, Demi.Mia segura um pedaço de material prata.
Aqui, experimenta.

Hmm... ele é um pouco curto.

Você vai ficar fantástica nele. Joseph vai adorar.

Você acha?

Mia sorri para mim.
Demi, você tem pernas de morrer, e se esta noite formos dançar no clube, ela sorri, sentindo uma vítima fácil
você vai parecer quente para o seu marido.


Eu pisco para ela, um pouco chocada. Nós vamos dançar? Eu não danço.

Miley ri da minha expressão. Ela parece mais relaxada agora que ela está longe de Elliot.
Nós devemos dançar esta noite, ela diz.

Vá experimentá-lo,Mia ordena, e relutante me dirijo ao provador.



Enquanto espero por Miley e Mia emergirem do provador, eu passeio meus olhos pela janela e olho para fora, sem ver, do outro lado da rua. A compilação da alma continua: Dionne Warwick canta "Walk On By". Outra grande canção, uma das favoritas da minha mãe. Eu olho para o vestido na minha mão. Este vestido é um exagero. É frente única e muito curto, mas Mia o declarou vencedor, perfeito para dançar noite fora. Aparentemente, eu preciso de sapatos, também, e um grande colar robusto, que vamos escolher na próxima loja. Revirando os olhos, reflito mais uma vez sobre como tenho sorte de ter Caroline Acton, minha estilista pessoal.

Através da janela eu sou distraída pela visão de Elliot. Ele apareceu no lado oposto da rua, saindo do Audi. Ele mergulha em uma loja como se para escapar da chuva. Parece uma loja de jóias... talvez ele esteja procurando a bateria do relógio. Ele emerge alguns minutos mais tarde e não está sozinho, está com uma mulher.

Merda! Ele está falando com Gia! Que diabos ela está fazendo aqui?

Enquanto eu vejo, eles se abraçam brevemente e ela tem a cabeça para trás, rindo animadamente em algo que ele diz. Ele beija a bochecha dela e corre para o carro. Ela vira e segue descendo a rua, e eu boquiaberta a sigo. O que foi aquilo? Eu viro ansiosamente para os provadores, mas ainda não há sinal de Miley ou Mia.

Eu olho para Taylor, que está esperando do lado de fora da loja. Ele me chama a atenção, em seguida, dá de ombros. Ele testemunhou o pequeno encontro de Elliot, também. Eu coro, com vergonha de ter sido apanhada bisbilhotando. Voltando meus olhos para loja, Mia e Miley surgem, ambas rindo. Miley olha para mim com curiosidade.

O que há de errado, Demi?Ela pergunta.
Você está em duvida com o vestido? Você fica sensacional nele.

Hmm, não.

Você está bem?Os olhos de Miley se alargam.

Eu estou bem. Vamos pagar? Vou para o caixa me juntando a Mia que escolheu duas saias.

Boa tarde, senhora.A jovem assistente de vendas, que tem mais gloss revestindo seus lábios do que eu já vi em qualquer lugar, sorri para mim.
Isso custa 850 dólares.

O quê? Por este pedaço de material! Eu pisco para ela e humildemente entrego meu Amex preto a ela.

Sra. Jonas,Srta. Lábios de Gloss ronrona.
                                                                                        


(...)
Eu sigo Miley e Mia em transe durante as próximas duas horas, em guerra comigo mesma. Devo dizer a Miley? Meu subconsciente firmemente balança a cabeça. Sim, eu deveria dizer a ela. Não, eu não deveria. Poderia ter sido apenas um encontro inocente.

Merda. O que devo fazer?

Bem, você gosta dos sapatos, Demi? Mia tem as mãos nos quadris.

Hmm... sim, com certeza.

Eu acabo com um par de Manolo Blahniks inviavelmente alto com tiras que se parecem como se fossem feitas de espelhos. Eles combinam com o vestido perfeitamente e custam a Joseph pouco mais de mil dólares. Eu dou mais sorte com a corrente de prata longa que Miley insiste que eu compre, é uma barganha em 84 dólares.

Habituou-se a ter dinheiro?Miley não pergunta com maldade quando caminhamos de volta para o carro. Mia saltou à frente.

Você sabe que isso não é comigo, Miley. Eu sou do tipo desconfortável sobre tudo isso. Mas estou seguramente informada que é parte do pacote. Eu sorrio para ela, e ela coloca o braço em volta de mim.

Você vai se acostumar com isso, Demi,ela diz simpaticamente. Você vai olhar grande.

Miley, como você e Elliot estão juntos? Eu pergunto.


Seus grandes olhos azuis me bombardeiam. Oh não. Ela balança a cabeça.

Eu não quero falar sobre isso agora. Ela acena com a cabeça em direção a Mia.

Mas as coisas estão... Ela não termina a frase.


Isso é diferente de minha Miley tenaz. Merda. Eu sabia que algo estava acontecendo. Eu digo a ela o que vi? O que eu vi? Elliot e Srta. Bem Enfeitada-Sexy-Predadora falando, abraçando, e aquele beijo na bochecha. Certamente eles são apenas velhos amigos? Não, eu não vou dizer a ela. Não agora. Eu dou-lhe o meu Eu-Completamente-Te-Entendo-E-Respeito-Sua-Privacidade aceno de cabeça. Ela pega a minha mão e espreme grata, e lá está ele, um vislumbre rápido de dor e mágoa em seus olhos que ela rapidamente sufoca com um piscar de olhos. Eu sinto uma súbita onda de protecionismo para minha querida amiga. Que diabos Elliot Jonas está fazendo?


Uma vez de volta a casa, Miley decide que merecemos coquetéis após nossas compras extravagantes e prepara algum daiquiris de morango para nós. Nós sentamos confortavelmente no sofá em frente à lareira queimando.

Elliot apenas tem estado um pouco distante ultimamente,Miley murmura, olhando para as chamas. Miley e eu finalmente temos um momento sozinhas quando Mia se afasta com suas compras.
Oh?

E eu acho que eu estou com problemas por você ter ficado em apuros.

Você ouviu falar sobre isso?

Sim. Joseph falou para Elliot; Elliot me falou.

Reviro os olhos. Oh, Cinqüenta, Cinqüenta, Cinqüenta.

Sinto muito. Joseph é... protetor. Você não viu Elliot desde o cocktail?

Não.
Oh.


Eu realmente gosto dele, Demi,ela sussurra. E por um minuto terrível acho que vai chorar. Isto não é como Miley. Isso significa o retorno do pijama rosa? Ela se vira para mim.

Eu me apaixonei por ele. No começo eu pensei que era apenas sexo. Mas ele é encantador e gentil e caloroso e engraçado. Eu podia nos ver envelhecer juntos, você sabe... filhos, netos. Tudo isso.

Seu feliz para sempre,eu sussurro.

Ela acena com a cabeça, tristemente.

Talvez você devesse falar com ele. Tente encontrar algum tempo sozinhos aqui. Descobrir o que está comendo ele.

Quem está comendo ele, meu subconsciente rosna. Eu a esbofeteio para baixo, chocada com os caminhos dos meus próprios pensamentos.

Talvez vocês pudessem ir para uma caminhada amanhã de manhã?

Vamos ver.

Miley, eu odeio ver você assim.

Ela sorri fracamente, e eu me inclino mais para abraçá-la. Eu resolvo não mencionar Gia, embora eu possa mencionar para ele mesmo assim. Como ele pode mexer com a afeição da minha amiga?


Mia volta, e vamos passar para território mais seguro.

O fogo sibila e cospe faíscas em suas entranhas, então eu o alimento com a ultima lenha. Estamos quase sem madeira. Mesmo no verão, o fogo é muito bem-vindo neste molhado dia.

Mia, você sabe onde a lenha é mantida?Pergunto enquanto ela dá goles em seu daiquiri.

Eu acho que na garagem.

Eu vou encontrar algumas. Vai me dar a oportunidade de explorar.


A chuva abrandou quando eu aventuro minha cabeça para a garagem de três carros adjacente a casa. A porta lateral está destrancada e eu entro, ligo a luz para combater a tristeza. As tiras fluorescentes pingam ruidosamente à vida.

Há um carro na garagem, e eu percebo que é o Audi que vi Elliot esta tarde. Há também duas motos de neve. Mas o que realmente prende minha atenção são as duas motos de trilha, ambas de 125cc. Memórias de Ethan bravamente se esforçando para me ensinar a andar surgem como um flash do verão passado. Inconscientemente, eu esfrego meu braço onde eu gravemente fiquei ferida em uma queda.

Você anda?Elliot pergunta atrás de mim. Eu viro.
Você está de volta.

Tudo indica que sim.Ele sorri, e eu percebo que Joseph poderia dizer a mesma coisa para mim, mas sem o enorme sorriso de derreter coração.
Então? Ele pergunta.

Mais ou menos.

Você quer tentar?

Eu ronco.
Hmm, não... Eu acho que Joseph não ficaria muito feliz se eu

fizesse.

Joseph não está aqui.Elliot sorri, oh, é um traço de família, e movimenta seu braço para indicar que estamos sozinhos. Ele anda em direção a moto mais próxima e balança sua longa perna sobre a ela, senta e pega o guidão.

Joseph tem, Hmm... questões sobre a minha segurança. Eu não deveria.

Você sempre faz o que ele diz? — Elliot tem um brilho perverso em seus olhos azul-bebê, e vejo um vislumbre de um bad boy... o bad boy por quem Miley se apaixonou. O bad boy de Detroit.

Não.Eu arco uma sobrancelha admoestando-o.
Mas eu estou tentando fazer isso direito. Ele tem o suficiente para preocupar-se, sem acrescentar isso à mistura. Ele está de volta?

Eu não sei.

Você não vai pescar?

Elliot balança a cabeça.

Eu tinha alguns negócios a tratar na cidade.

Negócios! Puta merda. Negócios com a loira enfeitada! Eu inalo profundamente

fazendo-o embasbacar.

Se você não quer andar, o que está fazendo na garagem?Elliot está intrigado.

Estou à procura de lenha para o fogo.

Aí está você. Oh, Elliot, você está de volta. Miley nos interrompe.

Ei, baby.Ele sorri amplamente.

Pegou alguma coisa?




Eu examino a reação de Elliot.
Não. Eu tinha algumas coisas para resolver na cidade. E por um breve momento, eu vejo um flash de incerteza em seu rosto.

Oh merda.

Eu saí para ver o que estava segurando Demi. Miley olha para nós, confusa.

Nós estávamos apenas conversando,Elliot diz, e a tensão crepita entre eles. Nós todos paramos enquanto ouvimos um carro parar do lado de fora. Oh!

Joseph está de volta. Graças aos céus. A porta da garagem geme alto, assustando a todos nós, e a porta lentamente levanta para revelar Joseph e Ethan descarregar um caminhão preto. Joseph para quando ele nos vê de pé na garagem.

Banda de garagem?Ele pergunta sarcasticamente enquanto vagueia, indo direto para mim.

Eu sorrio. Estou aliviada ao vê-lo. Sob sua jaqueta rasa, ele está usando o macacão que eu vendi a ele na Claytons.

Oi,ele diz olhando com curiosidade para mim, ignorando Miley e Elliot.

Oi. Macacão agradável.

Vários bolsos. Muito útil para a pesca.Sua voz é suave e sedutora, para meus ouvidos apenas, e quando ele olha para mim, sua expressão é quente.

Eu coro, e ele sorri um enorme, devastador, sorriso para mim.

Você está molhado,murmuro.

Estava chovendo. O que vocês estão fazendo na garagem?Finalmente ele reconhece que não estamos sozinhos.

Demi veio buscar um pouco de lenha,Elliot sorri. De alguma forma, ele consegue fazer com que a frase saia jocosa.
Eu tentei levá-la para um passeio. Ele é o mestre do duplo sentido.

O rosto de Joseph cai, e meu coração também.

Ela disse que não. Que você não iria gostar,Elliot diz gentilmente e inocentemente.

O olhar cinza de Joseph oscila de para mim.

Ela disse? Ele murmura.

Escute, eu sou a favor de discutir o que Demi fez, mas não podemos voltar para dentro? Miley estala. Ela se abaixa, apanha duas toras, e vira, pisando duro em direção à porta. Oh merda. Miley está louca, mas eu sei que não é comigo. Elliot suspira e, sem uma palavra, segue-a para fora. Eu o olho, mas Joseph me distrai. 



Bom dia pra quem está animada com o show da Demi, ansiedade mil rs
Perguntei se vocês queriam maratona ontem, ninguém respondeu...
vão ficar sem :(
hoje não posso... Meninas, uma pergunta... eu já não deixei bem claro diversas vezes
que essa história é uma ADAPTAÇÃO DO LIVRO? Antes de me acusar de plágio, procure
direito as coisas ;) passar bem, xoxo!

19 comentários:

  1. O plágio é o ato de assinar ou apresentar uma obra intelectual de qualquer natureza (texto, música, obra pictórica, fotografia, obra audiovisual, etc.) contendo partes de uma obra que pertença à outra pessoa sem colocar os créditos para o autor original. No ato de plágio, o plagiador se apropria indevidamente da obra intelectual de outra pessoa, assumindo a autoria da mesma.Adaptação fílmica (nomenclatura portuguesa e brasileira1 2 ) ou adaptação cinematográfica (nomenclatura brasileira e portuguesa3 4 5 ) é o uso, para a realização de um filme, de material real ou fictício que tenha sido previamente publicado como texto escrito, seja na forma de romance, conto, biografia, reportagem, peça teatral, quadrinhos, etc.

    Significado de Adaptação

    s.f. Ação de adaptar; resultado desta ação.
    Transposição de uma obra literária para o teatro, televisão, cinema etc.: este filme é adaptação de um romance antigo.
    Arranjo, adequação de uma obra estrangeira que, além da tradução, implica modificações do texto original.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser que a história não seja considerado plágio, mas em nenhum momento no final de TODOS os capítulos você colocou os devidos créditos a Erika( E.L. James)

      Excluir
    2. Eu sempre deixei bem claro que não foi eu que escrevi, você ta se incomodando tanto por???? Vai la, denúncia o blog, fala que é plágio VAI. To esperando kkkkk continua sendo uma adaptação pois mudei algumas partes só os hots e o desenvolvimento continuaram.... mas eu não te devo explicação, se ts incomodando tem duas opções, denúncia o blog ou nem entra mais...

      Excluir
  2. Adaptação não é pq aqui ele continua sendo um livro e não se transformou em um filme ou peça de teatro. Então você antes de falar que é uma Adaptação procure o significado. Não estou de julgando mas você deveria se basear na história e não simplesmente transcreve-la.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então pra que vc ta lendo? Todo mundo sabe que é o livro se te incomoda tanto não leia meu bem

      Excluir
  3. Oh Oh Oh.... AMEI AMEI AMEI AMEI AMEI . Mal posso esperar para o próximo eu sinto a tensão em todos os lugares, realmente preocupada com a Miley, será que o Elliot tá traindo ela? Isso meio que me lembra ela e o Liam :/ Fico feliz que a Demi tenha recusado. Muito feliz mesmo, mal posso esperar para o próximo gatinha.
    E outra, realmente todo mundo sabe que esse é o livro 50 tons de cinza, e você nunca negou isso e agora vem com essa história? Aff esse povo não tem mais o que fazer mesmo não.. A única coisa que ela fez foi transformar Christian e Anastasia em Joseph e Demetria, ai é que entra a adaptação, seus seres intelijeges. Deixam a Lua em paz. Credo vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa a demora baby :( o blog não atualizou o cap

      Excluir
  4. Nossa, qur anônimo idiota. Foi pesquisar no google.A ADAPTAÇÃO ficou perfeita. Só não sei se foi a Lua ou a Karol. E anônimo, vai lá fazer um B.O contra o blog --'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha é bem idiota nisso né? No fim da história vem causar aqui... é a lua baby

      Excluir
  5. Boooooooom cada idiota que existe nesse mundo que eu vou te falar viu --' Acompanho o teu blog desde quando vc começou e em momento algum vc disse que a historia era escrita por vc , e sim que vc adaptou o livro e fez uma fic Jemi. Quanto ao anonimo que esta enchendo o saco tem um certo ditado que diz assim: " Os incomodados que se mudem." Ninguem pediu a opniao dele por aqui , então...
    Luuua *--* Fico muito feliz que vc tenha voltado a postar por aqui, vc fez falta garota !!! O cap ta maraa, apesar que eu sei que confusões vão vim pela frente né :/ Esperar pra ver o que acontece é a unica solução que me resta :(
    Bjos - Marina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela força mari, a Karol me transmitia todas as mensagens de apoio

      Excluir
  6. Nossa que anonimo idiota affs realmente vc sempre avisou que não era sua historia mas que vc adaptava affs continua não para de escrever por causa desse idiota anonimo ta perfeito *-------* >< e por favor não demora a postar ta muito lindo não vivo sem sua fic !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente o anônimo denunciou o blog pq as postagens não vão, estou tentando postar

      Excluir
  7. Essas pessoas que pegam o bonde andando e querem sentar na janelinha.
    AAAAAAAAAAAAI SCCR TRES DIAS SEM POSTAR, TO MORRENDO LUA MORRENDOOOOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  8. Amei o cap,e uma otima adaptacao,anonimos q se fodam,posta logo,amo esse bg,sempre acompanhado bjs

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Ooi, amei seu blog, amei a fic, amei tudo, já sou seguidora :D
    Segue o meu ? http://demimeuanjo.blogspot.com.br/ Obrigada *-*

    ResponderExcluir