domingo, 1 de dezembro de 2013

Capítulo 14 (bônus) BIG

A atenção de todo o restaurante está voltada para Miley e Elliot, esperando com a respiração suspensa em sintonia. A expectativa é insuportável. O silêncio se estende como um tenso elástico. A atmosfera é opressiva, apreensiva, e ainda esperançosa.

Miley olha fixamente para Elliot como ele olha para ela, os olhos arregalados de desejo, medo mesmo. Puta merda, Miley! Acabe com a miséria dele. Por favor. Caramba, ele poderia ter pedido ela em particular.

Uma única lágrima escorre pelo seu rosto enquanto ela permanece impassível. Merda! Miley chorando? Então ela sorri, um sorriso descrente, lento, algo com eu encontrei

o  Nirvana.

Sim,ela sussurra, uma ofegante, doce aceitação, nem um pouco parecida com Miley. Por um nanosegundo há uma pausa, quando todo o restaurante exala um suspiro coletivo de alívio, e em seguida, o barulho é ensurdecedor. Aplausos espontâneos, vaias, vivas, gritos, e de repente eu estou com lágrimas escorrendo pelo meu rosto, borrando minha maquiagem Barbie-encontra-Joan-Jett.

Alheios a comoção em torno deles, os dois estão presos em seu próprio e pequeno mundo. Do bolso de Elliot surge uma pequena caixa, ele a abre, e apresenta a Miley. Um anel. E pelo que eu posso ver é um anel requintado, mas eu preciso de uma análise mais minuciosa. É o que ele estava fazendo com Gia? Escolhendo um anel? Merda! Oh, eu estou tão feliz que eu não contei a Miley.

Miley olha o anel de Elliot então joga seus braços ao redor de seu pescoço. Eles se beijam, um beijo notavelmente casto para eles, e a multidão vai à loucura. Elliot se levanta e reconhece a aprovação com uma reverencia surpreendentemente graciosa, e em seguida, usando um sorriso de auto-satisfação enorme, se senta novamente. Eu não consigo tirar meus olhos deles. Tomando o anel fora de sua caixa, Elliot desliza suavemente no dedo de Miley, e eles se beijam uma vez mais.

Joseph aperta minha mão. Eu não sabia que eu estava segurando a mão dele com tanta força. Eu o liberto, um pouco envergonhada, ele balança a mão e murmura, Ai.

Desculpe. Você sabia sobre isso?Eu sussurro.

Joseph sorri, e eu sei que ele sabia. Ele chama o garçom. Duas garrafas de

Cristal, por favor. Ano 2002, se você tiver.

Eu sorrio para ele.

O que?Pergunta ele.

Porque a de 2002 é muito melhor do que a de 2003,provoco. Ele ri. Para o paladar exigente, Demetria.

Você tem um paladar muito exigente, Sr. Jonas, e gostos singulares.Eu sorrio.

Eu sei, Sra. Jonas.Ele se inclina para perto.Você tem um gosto melhor,

ele sussurra, e beija um determinado ponto atrás da minha orelha, provocando pequenos arrepios na minha espinha. Eu fico corada e lembro com carinho da sua demonstração anterior acerca das deficiências do meu vestido.

Mia é a primeira a abraçar Miley e Elliot, e todos nós os rodeamos para parabenizar o casal feliz. Aperto Miley em um abraço feroz.

Vê? Ele estava apenas preocupado com a proposta,eu sussurro.

Oh, Demi.Ela dá risada em meio a soluços.

Miley, estou tão feliz por você. Parabéns.

Joseph está atrás de mim. Ele aperta a mão de Elliot, e então surpreendendo tanto Elliot quanto a mim, ele o puxa para um abraço. Eu apenas pego que ele diz.

Muito bem, Lelliot,ele murmura. Elliot não diz nada, sua surpresa toma-o em silêncio, então cautelosamente retorna o abraço de seu irmão.

Lelliot?

Obrigado, Joseph,Elliot sufoca.

Joseph dá a Miley um breve, e estranho, quase abraço. Eu sei que a atitude de Joseph para Miley é tolerância, e na melhor das hipóteses, ambivalente, então isso é um progresso. Soltando-a, ele diz algo tão baixinho que só ela e eu podemos ouvir, Eu espero que você seja tão feliz em seu casamento como eu sou no meu.

Obrigado, Joseph. Espero que sim, de verdade,ela diz graciosamente.

O garçom voltou com o champanhe, que ele continua a abrir com um discreto

floreio.

Joseph segura sua taça de champanhe no alto.

Para Miley e meu querido irmão, Elliot, parabéns.

Nós todos bebemos, bem, eu engulo. Hmm, Cristal é tão saborosa, e eu estou lembrando da primeira vez que eu bebi no clube de Joseph e, mais tarde, a nossa viagem no elevador repleto de eventos até o primeiro andar.

Joseph me encara com a testa franzida. O que você está pensando? Ele sussurra.

A primeira vez que bebi este champanhe. Seu olhar se torna mais enigmático.

Nós estávamos em seu clube.Eu respondo

Ele sorri. Ah, sim. Eu me lembro. Ele pisca para mim.

Elliot, você definiu uma data?Mia sibila.

 Elliot dá a sua irmã um olhar exasperado. Eu acabei de perguntar a Miley, então

vamos te atualizar sobre isso, ok?

Oh, podemos torná-lo um casamento de Natal. Isso seria tão romântico, e você não terá problemas em se lembrar do aniversário. Mia bate suas mãos.

Vou considerar como um conselho.Elliot sorri para ela.

Depois do champanhe, podemos, por favor, ir dançar?Mia se vira e dá a Joseph um enorme olhar de olhos castanhos.

Eu acho que nós devemos perguntar a Elliot e Miley o que eles gostariam de

fazer.

Em uníssono, voltamos com expectativa a eles. Elliot encolhe os ombros e Miley fica escarlate. Sua intenção carnal para seu noivo é tão clara que quase cuspi o champanhe de 400 dólares na mesa.


Zax é a boate mais exclusiva em Aspen ou assim diz Mia. Joseph passeia à frente com o braço em volta da minha cintura e eu imediatamente acendo. Eu me pergunto brevemente se ele é dono do lugar. Eu olho para meu relógio, 11: 30 da noite, e estou me sentindo confusa. Os dois copos de champanhe e vários copos de Pouilly-Fumé durante a refeição estão começando a ter efeito, e eu estou grata que Joseph tem seu braço em volta de mim.

Sr. Jonas, bem-vindo de volta,diz uma muito atrativa jovem em calça de cetim preto, camisa sem mangas, e uma gravata borboleta vermelha combinando. Ela sorri amplamente, revelando perfeitos dentes americanos entre os lábios escarlates que combinam com a gravata borboleta. Max vai tirar seu casaco.

Um jovem vestido inteiramente de preto, felizmente não cetim, sorri quando se oferece para tirar meu casaco. Seus olhos escuros são quentes e convidativos. Eu sou a única vestindo um casaco, Joseph insistiu para que eu pegasse um casaco de Mia para cobrir minhas costas, de modo que Max só tem que lidar comigo.

Belo casaco,diz ele, olhando-me fixamente.

Ao meu lado Joseph se irrita e encara Max com um olhar de afaste-se agora. Ele avermelha e rapidamente entrega a Joseph o ticket para retirar o casaco.

Deixe-me mostrar-lhe a sua mesa.Senhorita calça de cetim tremula seus cílios para o meu marido, balança seu longo cabelo loiro, e desfila através da porta de entrada.

Eu aperto meu braço em torno de Joseph, e ele olha para mim interrogativamente por um momento, e então sorri quando seguimos a Senhorita calça de cetim pelo bar.

A iluminação é suave, as paredes são pretas, e os móveis vermelho escuro. Há cabines que flanqueiam ambos os lados das paredes e uma grande barra em forma de U no meio. Está cheio, uma vez que estamos aqui fora de temporada, mas não excessivamente cheio com os abastados de Aspen fora por um bom tempo em uma noite de sábado. O código de vestuário é relaxado, e pela primeira vez eu me sinto um pouco mais... Hmm, não vestida de forma apropriada. Eu não tenho certeza por que. O chão e as paredes vibram com a música pulsante da pista de dança atrás do bar, e as luzes estão girando e piscando on e off. No meu estado inebriante, eu tolamente acho que é um pesadelo epiléptico.

Senhorita calças de cetim nos leva a uma mesa de canto que foi cercada por cordas.

É  perto do bar com acesso à pista de dança. Claramente os melhores lugares da casa.

Haverá alguém para pegar seu pedido em breve.Ela nos dá seu pleno sorriso megawatt e, com uma vibração final de cílios para o meu marido, desfila de volta para onde ela veio. Mia já está pulando de pé para pé, ansiosa para chegar até a pista de dança, e Ethan tem pena dela.

Champanhe?Joseph pergunta como que prevenindo de que saíssem de mãos dadas em direção a pista de dança. Ethan lhe dá um polegar para cima e Mia acena com entusiasmo.

Miley e Elliot sentam no assento de veludo macio, de mãos dadas. Eles parecem tão felizes, seus rostos suaves e radiantes com o brilho das luzes e a cintilação do cristal em cima da mesa. Joseph gesticula para eu me sentar, e eu rapidamente me sento ao lado de Miley. Ele toma um assento ao meu lado e ansiosamente varre o local com os olhos.

Mostre-me o seu anel.Eu levanto minha voz sobre a música. Eu estarei rouca quando sair. Miley sorri para mim e seguro a mão dela. O anel é requintado, um solitário com uma garra fina elaborada com pequenos diamantes de cada lado. Ele tem uma aparência Vitoriana.

É lindo.

Ela acena com a cabeça demonstrando prazer e, alcançando Elliot, aperta-lhe a coxa. Ele se inclina para baixo e a beija.

Vão para um quarto,eu reclamo.

Elliot sorri.

Uma jovem mulher com cabelo escuro e curto e um sorriso travesso, vestindo calças pretas de cetins, vem para tomar o nosso pedido.

O que você quer beber?Joseph pergunta.

Você não vai pagar a conta aqui também,Elliot resmunga.

Não comece com essa merda, Elliot,Joseph diz suavemente.

Apesar das objeções de Miley, Elliot e Ethan, Joseph pagou pela refeição que acabamos de fazer. Ele simplesmente ignorou a todos e não quis ouvir de alguém mais pagar. Eu olho para ele amorosamente. Meu Cinqüenta tons... sempre no controle.

Elliot abre a boca para dizer algo, mas, sabiamente, a fecha novamente.

Eu vou tomar uma cerveja,ele diz.

Miley?Joseph pergunta.

Mais champanhe, por favor. O Cristal é delicioso. Mas tenho certeza de que Ethan prefere uma cerveja. Ela sorri docemente, sim, docemente, para Joseph. Ela está incandescente de felicidade. Me sinto radiante por ela, e é um prazer compartilhar sua alegria.

Demi?

Champagnhe, por favor.

Uma garrafa de Cristal, três Peronis, e uma garrafa de água mineral gelada, seis copos, ele diz em sua habitual e inconsciente autoridade.

Está meio quente.

Obrigado, senhor. Estará vindo rapidamente.Miss Calça de Cetim Número Dois lhe dá um sorriso gracioso, mas evitou a vibração dos cílios embora, seu rosto estivesse um pouco avermelhado.

Eu balancei minha cabeça em resignação. Ele é meu, querida.

O que?Ele me pergunta.

Ela não fez vibrar os cílios para você.Sorri.

Oh. Ela deveria?Ele pergunta, não conseguindo esconder sua alegria.

As mulheres costumam fazer.Meu tom é irônico.

Ele sorri. Sra. Jonas, você está com ciúmes?

Nem um pouco.Faço beicinho para ele. E eu percebo que no momento estou começando a tolerar as mulheres comendo meu marido com os olhos. Quase. Joseph aperta minha mão e beija meus dedos.

Você não tem nada para ter ciúmes, Sra. Jonas,ele murmura perto do meu ouvido, sua respiração fazendo cócegas em mim.

Eu sei.

Bom.

A garçonete retorna, e momentos mais tarde, eu estou bebendo um copo de

champanhe.

Aqui.Joseph me dá um copo de água.Beba isso. Eu faço careta para ele e vejo, ao invés de ouvir, ele suspirar.

Três copos de vinho branco no jantar e duas de champanhe, depois de um daiquiri de morango e dois copos de Frascati na hora do almoço. Beba. Agora, Demi.

Como é que ele sabe sobre os coquetéis desta tarde? Eu faço careta para ele. Mas, na verdade ele está certo. Tomando o copo de água, eu tomo na forma mais grosseira possível a fim de registrar o meu protesto por ter me dito o que fazer... novamente. Eu limpo a boca na parte de trás da minha mão.

Boa menina,ele diz, sorrindo.Você vomitou em mim uma vez já. Eu não gostaria de experimentar de novo tão cedo.

Eu não sei o que você está reclamando. Você tem que dormir comigo.

Ele sorri e seus olhos amolecem. Sim, eu tenho.

Ethan e Mia estão de volta.

Ethan teve o suficiente, por enquanto. Vamos lá, meninas. Vamos bater no chão. Fazer pose, balançar o quadril, trabalhar as calorias da mousse de chocolate.

Miley levanta imediatamente. Você vem? Ela pergunta a Elliot.

Deixe-me ver você,ele diz. E eu tenho que desviar o olhar rapidamente, corando com o olhar que ele lhe dá. Ela sorri assim como eu.

Eu estou indo queimar algumas calorias,digo, e me inclinando eu sussurro no ouvido de Joseph, Você pode me ver.

Não se curve,ele rosna.

Tudo bem.Eu paro abruptamente. Uau! Minha cabeça gira, e eu agarro o ombro de Joseph quando o lugar muda e se inclina um pouco.

Talvez você devesse tomar mais água,Joseph murmura, um aviso claro em sua voz.

Eu estou bem. Estes assentos são baixos e os meus saltos são altos.

Miley pega a minha mão e, tomando uma respiração profunda eu sigo ela e Mia, me equilibrando perfeitamente na pista de dança.

A música é pulsante, uma batida techno com uma linha de baixo batendo. A pista de dança não está cheia, o que significa que temos algum espaço. A mistura é eclética, jovens e velhos dançam pela noite afora. Eu nunca fui boa dançarina. Na verdade, só o fiz uma vez com Joseph, que dança de tudo. Miley me abraça.

Estou muito feliz,ela grita sobre a música, e começa a dançar. Mia está fazendo o que sempre faz, sorrindo para nós, atirando-se ao redor. Nossa, ela está ocupando muito espaço na pista de dança. Eu olho de volta para a mesa. Nossos homens estão nos observando. Eu começo a me mover. É um ritmo pulsante. Eu fecho meus olhos e me entrego a ele.

Abro os olhos para encontrar a pista de dança cheia. Miley, Mia e eu somos forçadas mais próximas. E para minha surpresa eu acho que eu realmente estou me divertindo. Eu começo a me mover um pouco mais... bravamente. Miley me dá dois polegares para cima, e eu sorrio de volta para ela.

Eu fecho meus olhos. Por que eu passei os primeiros 20 anos da minha vida sem fazer isso? Eu escolhi a leitura ao invés da dança. Jane Austen não tinha grande música para se mover e Thomas Hardy... caramba, ele teria se sentido culpado pelo pecado de que ele não estava dançando com sua primeira esposa. Eu rio com o pensamento.

É Joseph. Ele me deu essa confiança em meu corpo e como eu posso movê-lo. De repente, há duas mãos sobre meus quadris. Eu sorrio. Joseph se juntou a

mim. Eu rebolo, e suas mãos se movem para trás e me apertam, depois voltam para os meus quadris.

Abro os olhos. E Mia está com uma expressão de horror. Merda... Eu sou tão ruim assim? Eu chego até as mãos de Joseph. Elas são peludas. Merda! Não são suas mãos. Eu me viro, e elevando-se sobre mim, está um gigante loiro com mais dentes do que o natural e um sorriso malicioso para apresentá-los.

Tire suas mãos de mim!Eu grito com a música batendo, apoplética com raiva.


Vamos lá, docinho, apenas um pouco de diversão.Ele sorri, segurando suas mãos simiescas, seus olhos azuis brilhando sob as luzes ultravioletas pulsando.

Antes que eu saiba o que estou fazendo, eu lhe dou um tapa forte no rosto.

Oh! Merda... minha mão. Pica. Fique longe de mim! Eu grito. Ele olha para baixo para mim, seu rosto vermelho. Eu empurro minha mão não lesionada na frente de seu rosto, espalhando meus dedos para mostrar a ele os meus anéis.

Eu sou casada, seu idiota!

Ele dá de ombros arrogantemente e me dá um sorriso, indiferente de desculpas. Olho em volta freneticamente. Mia está à minha direita, olhando o loiro gigante.

Miley está perdida no momento fazendo a sua dança mágica. Joseph não está na mesa.

Oh, eu espero que ele tenha ido ao banheiro. Eu dou um passo para trás em direção a um corpo que conheço bem. Oh merda. Joseph coloca o braço em volta da minha cintura e me move para o lado dele.

Mantenha a porra das suas mãos longe da minha mulher,ele diz. Ele não está gritando, mas de alguma forma, ele pode ser ouvido acima da música.

Puta merda!

Ela pode cuidar de si mesma,O gigante loiro grita. Move a mão na bochecha onde eu lhe dei o tapa, e então Joseph o acerta. É como se eu estivesse assistindo em câmara lenta. Um soco perfeitamente cronometrado para o queixo que se move a uma velocidade tal, mas com tão pouco desperdício de energia, o gigante loiro nem o vê chegando. Ele desmorona no chão como o cDemilha que é.

Foda-se.

Joseph, não!Eu suspiro em pânico, de pé na frente dele para segurá-lo. Merda, ele vai matá-lo. Eu já o atingi, eu grito sobre a música. Joseph não olha para mim. Ele está olhando para meu agressor com uma maldade que eu nunca antes vi queimar em seus olhos. Bem, talvez uma vez, depois que Jack Hyde me agarrou.

Os outros dançarinos se movem para fora como uma ondulação em uma lagoa, abrindo espaço em torno de nós, mantendo uma distância segura. O gigante loiro se embaralha em seus pés quando Elliot se junta a nós.

Oh não! Miley está comigo, olhando abismada para todos nós. Elliot segura o braço de Joseph no mesmo momento que Ethan se junta a nós.

Acalme-se, ok? Não significou nada.O gigante loiro mantém as mãos para cima em sinal de derrota, batendo em retirada. Os olhos Joseph o seguem para fora da pista de dança. Ele não olha para mim.

A música muda das letras explícitas de "Sexy Bitch" para um techno pulsante onde uma mulher canta com voz apaixonada. Elliot olha para mim, em seguida, para Joseph, e liberando Joseph, puxa Miley em uma dança. Eu coloco meus braços em volta do pescoço de Joseph, até que ele finalmente faz contato com meus olhos, seus olhos ainda em chamas primitivas e selvagens. O vislumbre de um adolescente briguento. Puta merda.

Ele examina o meu rosto. Você está bem? Ele pergunta, por fim.

Sim.Eu esfrego minha mão, tentando dissipar a picada, e trago minhas mãos para seu peito. Minha mão está latejando. Eu nunca bati em ninguém antes. O que me possuiu? Me tocar não era o pior crime contra a humanidade. Era?

No entanto lá no fundo eu sei por que bati nele. É porque eu sabia instintivamente como Joseph reagiria vendo algum estranho me tocando. Eu sabia que ele iria perder o seu precioso autocontrole. E o pensamento de que algum estúpido poderia desestabilizar meu marido, meu amor, bem, isso me deixa louca. Realmente louca.

Você quer sentar?Joseph pergunta acima da batida pulsante.

Oh, volte para mim, por favor.

Não. Dança comigo.

Ele me olha impassível, sem dizer nada.

Toque-me... a mulher canta.

Dança comigo.Ele ainda está louco.Dança. Joseph, por favor.Eu pego suas mãos. Joseph olha a procura do cara, mas eu começo a me mover contra ele, tecendo-me em torno dele.

A multidão de dançarinos circulou-nos mais uma vez, embora haja agora uma zona de exclusão de dois pés em torno de nós.

Você bateu nele?Joseph pergunta, ainda parado. Tomo suas mãos cerradas.


É claro que sim. Eu pensei que fosse você, mas suas mãos estavam mais peludas. Por favor, dança comigo.

Quando Joseph olha para mim, o fogo em seus olhos muda lentamente, evolui para outra coisa, algo mais escuro, mais quente, alguma coisa. De repente, ele agarra meus pulsos e me puxa contra ele, prendendo minhas mãos atrás das minhas costas.

Você quer dançar? Vamos dançar,ele rosna perto do meu ouvido, e como ele rola seus quadris se movimentando em minha direção, não posso fazer nada, mas ele continua, suas mãos segurando as minhas contra meu traseiro.

Oh... Joseph pode mover-se, realmente se mover. Ele mantém-me perto, não me deixando ir, mas suas mãos gradualmente relaxam na minha, me libertando. Minhas mãos rastejam em torno, até seus braços, sentindo seus músculos agrupados por meio de sua jaqueta, até os ombros. Ele me pressiona contra ele, e eu sigo seus passos quando ele lentamente, sensualmente dança comigo no tempo da batida pulsante da música do clube.

O momento em que ele pega a minha mão e gira-me primeiro uma vez, depois outra, eu sei que ele está de volta comigo. Eu sorrio. Ele sorri.

Nós dançamos juntos e é libertadora a diversão. Sua raiva esquecida, ou suprimida, ele gira em torno de mim com habilidade consumada no nosso pequeno espaço na pista de dança, nunca me deixando ir. Ele me faz graciosa, que é a sua habilidade. Ele me faz sexy, porque é isso que ele é. Ele me faz sentir amada, porque, apesar de seus Cinqüenta Tons, ele tem uma riqueza de amor para dar. Observando-o agora, se divertindo... alguém poderia ser perdoado por pensar que ele não teve cuidado no mundo. Mas eu sei que o seu amor é nublado com questões de super proteção e controle, mas isso não me faz amá-lo menos.

Estou sem fôlego quando muda de uma canção para outra.

Podemos sentar?Eu suspiro.

Claro.Ele me leva para fora da pista de dança.

Você me fez muito quente e suada,sussurro quando nós retornamos a mesa. Ele me puxa em seus braços. Eu gosto de você quente e suada. Embora eu

prefira torná-la quente e suada em privado, ele ronrona, com um sorriso lascivos em seus lábios.

Quando eu sento, é como se o incidente na pista de dança nunca tivesse acontecido. Estou vagamente surpresa que não fomos colocados para fora. Olho em volta do bar. Ninguém está olhando para nós, e eu não posso ver o gigante loiro. Talvez ele tenha saído, ou talvez ele tenha sido jogado fora. Miley e Elliot estão sendo indecentes na pista de dança, Ethan e Mia menos. Eu tomo outro gole de champanhe.

Aqui.Joseph coloca outro copo de água na minha frente e me olha atentamente. Sua expressão é expectante, beba isso. Beba agora.

Eu faço o que ele diz. Além disso, estou com sede.

Ele levanta uma garrafa de Peroni do balde de gelo sobre a mesa e toma um grande

gole.

O que aconteceria se houvesse imprensa aqui?Eu pergunto.

Joseph sabe imediatamente que estou me referindo a ele bater no gigante loiro.

Eu tenho advogados caros,ele diz com frieza, de uma só vez a arrogância em pessoa.

Eu faço careta para ele. Mas você não está acima da lei, Joseph. Eu tinha a situação sob controle.

Seus olhos esfriam. Ninguém toca no que é meu, ele diz friamente, como se eu estivesse perdendo o óbvio.

Oh... Tomo outro gole do champanhe. De repente me sinto sobrecarregada. A música é alta, minha cabeça e meus pés doendo, e me sinto tonta. Ele agarra minha mão.

Vem, vamos embora. Eu quero ir para casa,ele diz. Miley e Elliot se juntam a nós.

Você vai?" Miley pergunta e sua voz é esperançosa.

Sim,Joseph diz.

Bom, vamos com vocês.


Enquanto esperamos na chapelaria para Joseph recuperar meu casaco, Miley sussurra para mim.

O que aconteceu com aquele cara na pista de dança?

Ele estava me assediando.

Eu abri meus olhos e você estava acertando-o.

Eu dou de ombros. Bem, eu sabia que Joseph iria termonuclear, o que poderia potencialmente arruinar sua noite. Eu realmente não tinha processado como me sentia sobre o comportamento de Joseph. Eu estava preocupada que fosse pior.

A nossa noite,ela esclarece.Ele está um pouco de cabeça quente, não é?Miley acrescenta secamente, olhando para Joseph enquanto ele recolhe meu casaco.

Eu ronco e sorrio. Você poderia dizer isso.

Eu acho que você lida bem com ele.

Lidar?Eu franzo a testa. Eu lido com Joseph?

Aqui.Joseph sustenta meu casaco aberto para mim para que eu possa colocá-lo.


Acorde, Demi.Joseph está me sacudindo delicadamente. Nós chegamos em casa. Relutantemente eu abro meus olhos e cambaleio da minivan. Miley e Elliot desapareceram, e Taylor está de pé pacientemente ao lado do veículo.

Eu preciso carregar você?Joseph pergunta.

Eu balanço minha cabeça.

Eu vou buscar Srta. Jonas e o Sr. Cyrus,Taylor diz.

Joseph concorda e em seguida me leva para a porta da frente. Meus pés doem, e eu tropeço. Na porta da frente ele se abaixa agarra meu tornozelo, e gentilmente tira fora um sapato primeiro, depois o outro. Oh, o alívio. Ele endireita e olha para mim, segurando meus Manolos.

Melhor?Pergunta ele, divertido. Concordo com a cabeça.

Eu tinha visões deliciosas destes em torno de meus ouvidos,ele murmura, olhando para baixo, melancolicamente, para meus sapatos. Ele balança a cabeça e, pegando minha mão mais uma vez, me leva pela casa escura, e sobe as escadas para o nosso quarto.

Você está destruída, não é?Ele diz suavemente, olhando para mim. Concordo com a cabeça. Ele começa a desatar o cinto no meu casaco.

Eu vou fazer isso,murmuro, fazendo uma tentativa falha de me afastar dele.

Me deixe.

Eu suspiro. Eu não tinha idéia de que eu estava tão cansada.

É a altitude. Você não está acostumada com isso. E a bebida, é claro.Ele sorri, despoja-me do meu casaco, e o joga em uma das cadeiras do quarto. Toma minha mão, e me leva para o banheiro. Por que estamos indo aqui?

Sente-se,ele diz.

Sento na cadeira e fecho os olhos. Eu o ouço mexer com garrafas no armário de cosméticos. Estou cansada demais pra abrir os olhos pra descobrir o que ele está fazendo. Um momento depois, ele inclina minha cabeça para trás, e eu abro meus olhos, surpresa.

Olhos fechados,Joseph diz. Puta merda, ele está segurando uma bola de algodão! Gentilmente, ele passa sobre o meu olho direito. Sinto-me chocada com a forma com que ele metodicamente remove minha maquiagem.

Ah. Aí está a mulher com quem me casei,ele diz, depois de alguns lenços.

Você não gosta de maquiagem?

Eu gosto, mas eu prefiro o que está por baixo.Ele beija minha testa.Aqui. Tome isso. Ele coloca alguns Advil em minha mão e me dá um copo de água.

Eu olho e faço beicinho.

Toma,ele ordena.

Reviro os olhos, mas faço o que ele pede.

Ótimo. Você precisa de um momento sozinha?Pergunta ironicamente. Eu ronco. Tão tímido, Sr. Jonas. Sim, eu preciso fazer xixi.

Ele ri. Você espera que eu vá embora? Eu rio. Você quer ficar?

Ele inclina a cabeça para o lado, sua expressão divertida.

Você é um filho da puta pervertido. Fora. Eu não quero que você me veja fazendo xixi. Esse é um passo muito longe. Eu levanto e indico pra ele sair do banheiro.


Quando eu saio do banheiro, ele está vestindo a calça do pijama. Hmm... Joseph em PJs. Hipnotizada, eu olho para o abdômen, seus músculos, sua trilha feliz. É uma distração. Ele caminha até mim.

Apreciando a vista?Ele pergunta ironicamente.

Sempre.

Eu acho que você está um pouco bêbada, Sra. Jonas.

Eu acho que, por uma vez, eu tenho que concordar com você, Sr. Jonas.

Me deixe ajudá-la a tirar o pouco que há deste vestido. Ele realmente deveria vir com um alerta de saúde. Ele me vira e desfaz o único botão no pescoço.

Você estava tão bravo,murmuro.

Sim. Eu estava.

Comigo?

Não. Não com você.Ele beija meu ombro.Pela primeira vez.

Eu sorrio. Não estava bravo comigo. Isto é um progresso. Fez uma boa mudança.

Sim. Eu fiz.Ele beija meu outro ombro, em seguida, remove meu vestido para abaixo da minha bunda até o chão. Ele remove a calcinha, ao mesmo tempo, deixando-me nua. Chegando, ele pega a minha mão.

Saia,ele ordena, e eu saio do vestido, segurando sua mão para não perder o equilíbrio.

Ele levanta e joga o meu vestido e calcinha na cadeira com o casaco de Mia.

Braços para cima,ele diz em voz baixa. Ele desliza sua camiseta em cima de mim e puxa-a para baixo, cobrindo-me. Eu estou pronta para a cama.

Ele me puxa em seus braços e me beija, minha respiração de menta misturando-se com a sua.

Por mais que eu gostaria de me enterrar em você, Sra. Jonas, você bebeu muito, está a cerca de oito mil pés, e não dormiu bem noite passada. Vem. Para a cama. Ele puxa o edredom e eu deito enquanto ele me cobre e beija minha testa mais uma vez.

Feche os olhos. Quando eu voltar para a cama, eu vou esperar que você esteja dormindo. É uma ameaça, um comando... é Joseph.

Não vá,eu imploro.

Eu tenho algumas chamadas a fazer, Demi.

Hoje é sábado. É tarde. Por favor.

Ele passa as mãos pelo cabelo. Demi, se eu for para a cama com você agora, você não vai ter qualquer descanso. Durma. Ele é inflexível. Eu fecho meus olhos e seus lábios tocam minha testa mais uma vez.

Boa noite, baby,ele respira.

Imagens do dia passam pela minha mente... Joseph puxando-me sobre o seu ombro no avião. Sua ansiedade quanto à possibilidade ou não de eu gostar da casa. Fazendo amor esta tarde. O banho. Sua reação ao meu vestido. A memória do gigante loiro faz a palma da minha mão formigar. E então Joseph me colocando na cama.

Quem teria pensado? Eu sorrio muito, a palavra progresso corre pelo meu cérebro enquanto eu derivo ao sono.



________________________________________

Desculpa não responder os comentários, mas 
compensei o cap de ontem com esse big...

35 comentários:

  1. PERFEITO PERFEITO PERFEITO! Sério.. não sei o que dizer além disso...

    ResponderExcluir
  2. ta perfeito amei como sempre sabe, vcpoderia escrever um livro e ele seria muito famoso do jeito que vc tem magia nas maos e na imaginacao
    quero hot jemi talvez bey linda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na verdade, a fic é uma adaptação... não é minha. Tenho minhas histórias ho, mas nada comparado a essa

      Excluir
  3. Omg queroooo mais desses! Joe tão "protetor" e tão tudo!!! Isso sim é um progresso!!! Não demore por favor

    ResponderExcluir
  4. perfeito capitulo, nossa o joe me surpreendeu pensei que ele fosse fazer um barraco
    mais em fim posta outo logo.

    ResponderExcluir
  5. posta logo please.............

    ResponderExcluir
  6. posta logo porque e estou viciada em sua fic bjs

    ResponderExcluir
  7. posta logo por favor
    o capitulo estava otimo

    ResponderExcluir
  8. ei eu adoro sua fic por favor nâo pare de escrever ela porque ela e muito boa, em fim episodio ta fantastico
    proximo please

    ResponderExcluir
  9. Oi.
    Eu sei que isso é chato, mas me ajuda a divulgar , segui e se puder acompanhar a historia e comentar?
    http://tudoqueeumaisqueroevoce.blogspot.com.br/
    http://iloveyouforevermylove.blogspot.com.br/
    Comecei ontem.

    ResponderExcluir
  10. possstaaaaaaaaaaaaaa logoooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. postooooooooooooooooooooo hojeeeeeeeeeeeee

      Excluir
  11. vc ainda vai postar ou não vai parae a fic?

    ResponderExcluir
  12. Posta logo, eu estou muito louca aqui kkkk
    Bjusss

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  14. Aaaaaa a melhor fic que eu ja li posta logo please kkkkk

    ResponderExcluir